Exames de imagem
0800 000 9494

Eletroneuromiografia

EletroneuromiografiaA Eletroneuromiografia é um método diagnóstico para avaliação do sistema nervoso periférico e  de suas afecções, ou seja, a avaliação de doenças do neurônio motor inferior,  das raízes nervosas, dos plexos, dos nervos periféricos, da junção neuromuscular e dos músculos.

O exame de Eletroneuromiografia é realizado em duas etapas: a primeira é constituída de  pequenos estímulos elétricos a serem aplicados no trajeto dos nervos periféricos e a segunda, consiste no registro da atividade muscular através do uso de uma agulha descartável  e de utilização única,  inserida nos músculos a serem estudados (não é realizada a injeção de nenhum tipo de substância).

O uso de ambos os métodos é ligeiramente doloroso, porém suportável pelo paciente. Durante o exame com agulha podem ocorrer pequenos sangramentos puntiformes  no local a ser examinado, ou a formação de pequenos hematomas sem nenhum prejuízo para a saúde do paciente.

A duração do exame varia de acordo com o local a ser examinado bem como da patologia a ser investigada e não altera as atividades diárias do paciente após sua realização, podendo o mesmo, trabalhar, estudar ou locomover-se normalmente.

ORIENTAÇÕES:

O paciente deverá vir bem alimentado (não é necessário jejum) e, no tempo frio, com as extremidades agasalhadas. Como, durante o exame, é necessária a completa exposição dos membros a serem avaliados, é conveniente trazer short e/ou camiseta de manga curta para a realização do mesmo. Não deverá ser feito o uso de óleos, cremes hidratantes ou quaisquer cosméticos na região a ser avaliada.

Em virtude da necessidade de maior sensibilidade e esclarecimento diagnóstico é recomendável que o exame seja sempre comparativo entre os lados direito e esquerdo, segundo orientação da Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica (SBNC) e da American Association of Neuromuscular & Electrodiagnostic Medicine (AANEM).

RESTRIÇÕES:

Se o paciente fizer uso de marcapasso, o médico responsável deverá ser informado, para que possa avaliar da possibilidade ou não da realização do exame.

A contra-indicação para a realização do exame de agulha é o uso de medicação anticoagulante (AAS e Aspirina não são anticoagulantes e não trazem risco), presença de trombose ou flebite no segmento a ser estudado, infecções de pele ou em pacientes com história de mastectomia com esvaziamento axilar.

Caso o paciente seja portador de Hepatite B ou C, ou do vírus  HIV , informe ao médico realizador do exame para que o mesmo tome as providências de autoproteção adequadas.

Faça agora um Pré-Agendamento


Blog

Convênios

Unidades

Suzano
Rua 9 de julho , 31 - Centro
CEP: 08674-230 ​ - Suzano | SP
Telefone: (11) 4746-5686
Mapa


Mogi das Cruzes
Rua Barão de Jaceguai, 1378 - Centro
CEP: 08710-020 - Mogi das Cruzes | SP
Telefone: (11) 4728-5081
Mapa

Contato




Área do Colaborador